HOME

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Novo dia.


Jeremias 7.23-26


Assim diz o Senhor, o seu redentor, o Santo de Israel: “Eu sou o Senhor, o seu Deus, que lhe ensina o que é melhor para você, que o dirige no caminho em que você deve ir (Is 48.17).

Ter lembrança do que já passou é muito importante. Imagine não lembrar o nome das pessoas que conhecemos. Já pensou se nunca aprendêssemos os lugares aonde sempre vamos ou se esquecêssemos das coisas que falamos.

Mas as lembranças do passado também podem ser uma influência ruim quando vivemos no presente pensando nas coisas negativas do passado, quando pensamos no que já passou, criando um depósito de amarguras, quando ficamos presos aos erros do passado repetindo-os sempre no presente.

É preciso lembrar que em Deus temos uma nova vida, e a cada dia que nasce, podemos ter a esperança de que uma nova história pode ser escrita. Uma história diferente da que já passou, muito melhor do que já foi.

Esqueça o que já passou, faça uma faxina nas amarguras, ressentimentos, decepções, pecados e dores do passado. É preciso andar para frente, continuar a caminhada. Para isso, lembranças boas vão ajudar. Se olharmos para trás, que seja para o que fizemos de certo, para as vitórias e não para as fraquezas e derrotas.

Mas é preciso sempre lembrar que muito mais importante do que qualquer motivação do passado é olhar para a orientação de Deus no presente. Hoje é o tempo que temos para que, com a ajuda de Deus, façamos o melhor de nossas vidas. Deus falou ao seu povo através de Jeremias dizendo que tudo iria bem em suas vidas se eles andassem no caminho que Ele havia ordenado. O texto diz que eles preferiram andar para trás seguindo o raciocínio rebelde dos seus corações maus. É o que acontece quando deixamos nos levar pelas derrotas e fraquezas do passado repetindo pecados antigos no lugar de olhar para Deus e andar em seus caminhos.

Para ter uma vida boa é preciso seguir em frente confiando em Deus, obedecendo a seu chamado.

Olhe para Deus e ande para frente.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Orar com Deus.




1 Samuel 28.3-6

Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido (Jo 15.7).

Em nosso tempo somos atraídos pelas imagens e sons. A leitura é desprezada e a oração quase não existe. Na história da igreja antiga as pessoas gastavam horas em oração, enquanto que a geração atual ora pouco, e quando ora, na maioria das vezes, é porque está diante de uma grande adversidade. Faz uma oração motivada pela ansiedade e necessidade, e não pela piedade.

Foi o que aconteceu com Saul. Quando consultou ao Senhor, Deus não lhe respondeu. Saul não foi um bom rei. Foi desobediente a Deus e perseguidor de Davi. Sua oração não foi respondida, porque seu coração não estava submisso ao Senhor. Ele não demonstrou arrependimento, tanto que depois de consultar a Deus foi consultar uma médium.

Oração é mais do que pedir pelas nossas necessidades sem nenhum compromisso com Deus. Deve fazer parte de nosso viver diário. Quando temos comunhão com Deus, obtemos resposta para as nossas orações. Lutero disse uma vez: "Senhor, terei aquilo que quero de Ti. Terei o que desejo, pois sei que a minha vontade é a Tua vontade". O texto de João 15.7 fala que aquele de permanece em Deus pode pedir o que quiser, e lhe será concedido. Quem está vivendo de acordo com a palavra de Deus, quem está unido a Deus, vai sempre fazer pedidos conforme a sua vontade.

Estamos certos de que aquilo que pedimos é para a glória de Deus. Falando sobre isso, Tiago 4.3 diz: “Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres”.

Vamos nos despertar para a urgente necessidade de oração. A melhor maneira de se fazer isso é começando a orar. Jesus nos ensina a orar na oração dominical (Pai nosso). Nós também podemos aprender a orar, lendo as várias orações que estão registradas na Bíblia. Orações de Moisés, Abraão, Jó, Davi, Ana, Paulo e tantos outros que colocaram a sua causa diante de Deus e foram respondidos.

Quando caminhamos com Deus sabemos o que é apropriado pedir.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Um Tempo pra Deus.



Nesse mundo, estamos cada vez mais ocupados. Já virou um clichê. Quase sempre escutamos de alguém que está sem tempo pra tudo. Inclusive, até nós mesmos nos incluímos nessa categoria. A dos Sem-Tempo. Sem tempo pra casa, pros filhos, pros amigos. Sem tempo pra Deus.

A palavra do Senhor diz “E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?” (Mateus 6;27). É frustrante viver competindo contra o relógio. Impossível dominar o tempo. Pois o tempo pertence a Deus. Um dos segredos de viver com serenidade consiste em saber dar tempo a ele mesmo. Tempo ao tempo. Reconhecer que há tempo para tudo. E não fazer tudo ao mesmo tempo. Mas na hora em que for apropriado. “Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar” (Eclesiastes 3;2-4)

Quem vive sem tempo até para Deus vira um escravo dos segundos, dos minutos e de suas horas. Perde o discernimento de que, nessa vida, qualquer coisa é passageira. Assim como, nós mesmos.Todos os nossos compromissos vão passar. E suas preocupações também. Infelizmente o que fica, ou melhor, o que se perdeu foi a oportunidade de tocar a vida sem tantas angústias.

Tendo uma vida digna de ser vivida. Depositando em Deus a confiança diante de nossos problemas. Esperando nEle a nossa vitória diante da morte. “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” (Mateus 6;33-34).

Enfim, colocando o Senhor acima de todas as coisas, vislumbramos de forma nítida a importância secundária do restante. A falta de tempo não se torna nosso carrasco. Reconhecemos, finalmente, que há um tempo pra tudo. Até para, ao estar navegando pela internet, encontrar esse texto aqui. E pensar se não foi Deus que o colocou em teu caminho.

Rutinaldo Miranda B. Júnior

(www.chamacrista.blogspot.com)

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Uma vida de Adoração.



“Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade” – (João 4:24).

Você sabe o que adorar a Deus ? A cada tenho aprendido que adorar a Deus não é somente ficar por trinta minutos em um quarto, com a porta fechada, um aparelho de som tocando músicas que me façam chorar. Tenho aprendido que adorar a Deus também não é somente ir a igreja e ser levado ao ritmo da música para dançar. Nós fomos criados para adorar em todo tempo e tudo o que há em nós pode adorar ao Senhor.

Nós, e nossos pensamentos muitas vezes religiosos criamos um “padrão” para adorar ao Senhor. Muitas vezes somos presos a paradigmas que nós mesmos criamos, ou que outros criaram, quanto à forma de adorar ao Senhor e isso só trás prejuízo a nossa adoração, podemos aprender muito em nosso ministério e no nosso dia-a-dia se não seguirmos a estes paradigmas, (isso não significa que todo paradigma seja ruim, mas muitos deles estão longe de nos levar a uma adoração verdadeira).

Deus sabe quem somos, Ele conhece o profundo do nosso coração, sabe por onde andamos, “Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos”, (Salmo 139:3). Ele sabe quando somos verdadeiros na adoração, seja apenas com uma canção, ou até mesmo no nosso trabalho, no dia-a-dia. Podemos adorá-Lo dentro do carro, tomando banho, limpando a casa, lavando as panelas depois do almoço, porque? Porque fomos criados para adorá-lo.
Quando o homem foi criado, Deus deu a ele o domínio sobre todas as coisas. Com a queda, Satanás nos tirou esse domínio, e hoje podemos resgatar tudo que foi roubado, e com isso temos retomado o domínio que pertence a Igreja nessa terra !

Você adora a Deus quando evangeliza, quando ganha uma vida para Cristo, quando clama por transformação, quando ajuda as pessoas, quando da comida em quem tem fome, quando estende a mão a quem precisa.

Quando você cumpre o papel para o qual foi criado, você está adorando a Deus, quando obedece em todos os sentidos o propósito inicial para o qual foi criado você está adorando. Quando cremos no nome de Jesus, e nos rendemos para obedecer a Sua voz estamos adorando a Ele, estamos declarando que só Ele é Senhor da nossa vida.

Devemos viver uma vida de adoração não sendo influenciado por qualquer circunstância, e nos render a Deus todos os dias, e viver uma vida de adoração, seja ela qual for, boa ou ruim, entenda, A SUA VIDA DEVE SER UMA VIDA DE ADORAÇÃO.

Pastor Wanderley
Ministério Famílias com Cristo

http://familiascomcristo.blogspot.com

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Você tem Fé?



Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa àqueles que o buscam (Hb 11.6).


É fácil responder a essa pergunta sem analisar o que realmente estamos dizendo. Muitos têm fé, mas neles mesmos. Outros têm fé nas coisas que possuem. Na verdade, a fé é confiar em Deus e depositar nele toda sua vida. A Bíblia fala que devemos viver pela fé. Isto significa buscar a cada dia comunhão com Deus, vivendo conforme a Sua vontade, tendo em Deus sua satisfação pessoal.

Ter fé é acreditar que Deus existe, que Ele se revelou através da Bíblia. Existe uma frase muito conhecida que diz: “só acredito vendo”. Tomé disse mais ou menos assim quando alguns dos discípulos falaram que Jesus havia ressucitado. Jesus então apareceu e lhe disse: “Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram” (Jo 20:29). Ter fé é, mesmo não tendo nunca visto Jesus, acreditar que ele veio a este mundo para nos salvar. Ter fé é acreditar que Deus existe e nos ama. Ter fé é acreditar na sua promessa de que um dia viveremos com Ele nos céus.

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois passamos a viver de acordo com o que pensamos ser melhor, não respeitando os princípios importantes da Palavra de Deus. Começamos a pensar como a maioria das pessoas, acreditando que cada um deve fazer o que acha certo, quando na verdade só existe um caminho certo, o que é apresentado por Deus aos nossos corações.

É impossível agradar a Deus quando dizemos que confiamos em Deus, mas na verdade confiamos em nós mesmos. Isso acontece quando nossas decisões são baseadas no que queremos, quando a auto-confiança é maior que a nossa dependência de Deus pela fé.

Mas, a maior prova de que realmente temos fé pode ser vista através de nosso relacionamento com as coisas materiais. Quem tem fé vive contente em todas as circunstâncias. Isso acontece porque a satisfação para a vida está em Deus e não nas coisas que possui.

A fé é o maior presente de Deus.


Boa semana!!!


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Elias e a Pequena Nuvem



Entre 875-873 a.c, reinou em Israel, um corrupto homem, chamado Acabe. Houve, seca e fome sobre aquela terra. Por três anos e seis meses, não choveu em Samaria. O difícil período, foi predito, pelo profeta Elias: " Vive o Senhor, Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra" I Rs 17:1.
Acabe e sua perversa esposa Jezabel, passaram a odiar Elias. Para eles, o profeta era responsável pelos males de Samaria. Só que, a nação estava em declínio, devido a idolatria. O rei e sua esposa "caçavam" profetas de Deus e os matavam em obediência a Baal. Ambos, eram instrumentos de Satanás. Elias e outros servos de Deus, escaparam milagrosamente.
Deus, então, falou a Elias: Vai apresenta-te a Acabe; porque darei chuva sobre a terra" I Rs 18:1.Foi assim, revestido da benção Divina, que o profeta se dirigiu ao rei para anunciar chuva:"Disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque há ruído de uma abundante chuva" IRs 18:41. Não havia uma só nuvem no céu quando Elias, anunciou a forte chuva.
Elias, se prostrou diante de Deus, pedindo a chuva, que Ele mesmo prometera. Por seis vezes, orou Elias e no céu, nenhum sinal de chuva aparecia: "Senhor, não há nada, nem sinal de chuva" I Rs 18:43. E sucedeu que na sétima oração: "Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar" I Rs 18:44. Elias, diante do mínimo sinal, anunciou ao Rei: "Aparelha teu carro e desce, para que a chuva não te apanhe" E veio uma grande chuva" I Rs 18:45.

A Lição da Pequena Nuvem

A Palavra de Deus, contêm muitas promessas, destinadas aos servos que crêem. Mesmo sabendo que elas nos pertencem, devemos buscá-las. Elias, tinha a garantia de Deus, de que haveria chuva. Mesmo assim, orou insistentemente, crendo que o céu mudaria. Elias: Creu, obedeceu, orou e a promessa se cumpriu. Poderia ter desistido, porque por sucessivas vezes, ouviu: "Elias, não há nada".
Mesmo que em nossas vidas, pareça "não haver nada", nenhum sinal, daquilo que cremos, precisamos prosseguir, acreditando que a seu tempo "a chuva virá". Mesmo que os "mensageiros" olhem para nós e digam: "Por que continuas a crer? Não vemos nada! Não há nada! Precisamos, como Elias, manter o ânimo: Crer, orar e obedecer.
Um Exemplo de "Pequena Nuvem":

Quando José, filho de Jacó, era ainda uma criança, uma "pequena nuvem" lhe apareceu. Em sonhos, Deus lhe falou, através de simbolismos, de que seria um influente rei. As pessoas, "o céu, a lua, e as estrelas" se curvavam diante dele. Gn 37:5-10. Ele creu, foi obediente, porém, por aproximadamente 20 anos "não houve nada". O "céu", para José, era como de bronze, "nenhuma nuvem": Desprezado pelos irmãos, caluniado e preso injustamente, José passou tempos difíceis. MAS, a seu tempo, quando José, estava preparado para receber a promessa, Deus lhe envia "chuva", Aleluia!!
Quando as promessas se cumprem em nossas vidas, sempre abençoamos muitas outras vidas. Foi assim, com a chuva em Samaria, foi assim, com o governo de José do Egito, será assim, comigo e com você. A Ele toda glória!


Autor: Wilma Rejane

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Nabote recusa vender a sua vinha a Acabe.


I Reis 21:1-7

 Nabote recusa vender a sua vinha a Acabe.

Vemos nesse texto da Bíblia Sagrada o interesse do rei acabe em uma vinha que havia próximo  ao seu palácio em Jezreel de propriedade de Nabote. Mas o mais interessante nessa passagem é que Nabote não vende a sua vinha por ser herança de seus pais: “Guarde-me o SENHOR de que eu te dê a herança de meus pais.” Deixando desgostoso e indignado Acabe a ponto de que chegando a sua casa nem come.  Sua esposa Jezabel , vendo isso se preocupa em saber o q acontece e tendo ciência do acontecido  promete a seu esposo que ele terá a vinha .”... Jezabel planejou matar Nabote, acusando-o com falsas testemunhas, que ela subornou. E escreveu cartas em nome de Acabe e carimbou-as com o anel real e as mandou para as autoridades de Jezreel. As cartas diziam o seguinte: “digam ao povo de Jezreel que haverá um dia nacional de jejum, todos devem estar reunidos e Nabote deve estar na frente do povo, coloquem também dois homens malignos para acusarem Nabote de ter amaldiçoado a Deus e ao rei; depois dessas acusações levem-no para fora da cidade e o apedrejem com pedras até que morra. E assim foi Nabote pagou com sua própria vida por ter sido fiel a seus princípios de preserva a vinha, sua herança.

 Notamos que Nabote foi fiel a seus princípios e preservou a sua herança, não se deixando corromper por valor algum , pelo contrário defendeu o que era seu, mesmo que isso lhe custasse a vida. E nós? Será q estamos preservando aquilo que Deus nos deixou como herança? Será que defendemos o que é nosso assim como fez Nabote?
Muitas vezes deixamos que o inimigo leve aquilo q nos foi dado por herança e nem reclamamos. E lá se vai a vontade de orar, o período de leitura da Palavra, os evangelismos, os trabalhos que desenvolvemos em prol a obra e assim por diante. Não defendemos, não zelamos o que nos foi dado por herança.

E quantas vezes fazemos isso e nem notamos que aos pouco vamos entregando de “mão beijada” ou até mesmo por um preço que julgamos alto, tudo que possuímos de mais valoroso?
 É momento de despertarmos e observarmos que não podemos simplesmente “vender” por preço algum aquilo que Deus nos deu por herança, devemos, assim como Nabote, preservá-la por mais dura q seja as investidas do adversário. Não podemos abrir mão daquilo que Deus nos concede por preço algum, por mais vantajosa q possa parecer à oferta ela sempre nos levará a ruína.

Sejamos firmes e perseverantes em preservar a herança que o Senhor nos concedeu, mesmo que isso muitas vezes venha nos custar um preço alto , mas lembre-se que Deus fiel para com os seus nos concederá a vitória.  

Sejamos fiéis ao nosso principio de servir a Deus em Espírito e Verdade, preservando, sempre, o q Ele nos concede por herança.



Ministrada pela líder da UMADECAD Valéria em 24/07/2011


Fique na paz!  
Bjus

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Quão grande é o amor de Deus por nós...


Bom dia !!

Quanto tempo  não posto por aqui, mas como sempre digo o bom filho a casa torna.

 Hoje meu post é para contar quão bom e quão grande é o amor de Deus por nós, pois mesmo não sendo tão perfeitos Ele ainda assim vela pelos seus.

No inicio do ano descobri  que minha saúde estava precisando de cuidados muitos especiais e com o passar do tempo essa atenção teve que ser redobrada, chegando ao ponto de especialistas me desanimarem, de uma possível  melhora,  por conta da gravidade da situação. Mas nunca deixei de crer que o Deus a quem sirvo é o Deus do Impossível e que poderia mudar o rumo dessa situação. 
Hoje seis meses depois da descoberta, de muita dor e sofrimento venho lhes contar que houve melhoras significativas em minha saúde e creio que isso é só o começo de uma recuperação total... O que outrora eram lágrimas de tristeza de súplicas hoje são lágrimas de agradecimento e alegria, agradecimento a Deus que nunca me desamparou mesmo não sendo a sua filha mais perfeita.  

Sempre digo que temos milhões de motivos para adorar e é verdade pena que muitas vezes é preciso que Ele nos desperte para que observemos tal... Ao longo desse período pude observar quão negligentes somos em não observarmos as maravilhas que tem feito por nós filhos seus. E aprendi, mais uma vez, a dar graças mesmo a situação não sendo tão favorável ao que desejamos, a confiar na providência divina, mesmo quando tudo a sua volta te incentiva ao contrário e por final a não “fugir” dos desígnios de Deus para minha vida, mas assumi-los sem medo porque é Ele quem capacita os seus...

Fique na paz!!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Amar os inimigos


MATEUS 5.43-48
— Vocês ouviram o que foi dito: "Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos." Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu.
 Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal.
 Se vocês amam somente aqueles que os amam, por que esperam que Deus lhes dê alguma recompensa? Até os cobradores de impostos amam as pessoas que os amam! Se vocês falam somente com os seus amigos, o que é que estão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! 
Portanto, sejam perfeitos, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu.




 Extraído de : Estudos bíblicos SBB em 25/07/2011.

domingo, 24 de julho de 2011

Há Um Lugar


Há um lugar de descanso em ti
Há um lugar de refrigério em ti
Há um lugar onde a verdade reina, esse lugar é no Senhor
Há um lugar onde as pessoas não me influenciam
Há um lugar onde eu ouço teu Espírito
Há um lugar de vitória em meio à guerra, esse lugar é no Senhor
Esse lugar é no senhor
Há um lugar onde a inconstância não me domina
Há um lugar onde minha fé é fortalecida
Há um lugar onde a paz é quem governa, esse lugar é no Senhor
Há um lugar onde os sonhos não se abortam
Há um lugar onde o temor não me enrijece
Há um lugar que quando se perde é que se ganha, esse lugar é no Senhor
Jesus!
Tu és tudo o que eu preciso  Jesus!
Eu te preciso
Heloísa Rosa


Quando reconhecemos quão grande é a necessidade de nossa alma em estar na presença do Pai, nos tornamos totalmente dependentes e isso nos fortalece nos ajuda a seguir em frente....

domingo, 17 de julho de 2011

Um louvor que marcou ...



Boa tarde!!





Temos mais de um milhão de motivos para louvar a Deus não é mesmo? O sol que brilha a chuva que cai, a beleza da natureza que nos rodeia, o sorriso inocente da criança, nossa saúde, nossa família, nossas conquistas, dentre tantas outras.
Pena que nem sempre em meio a tanta correria do dia a dia paramos para  observar essas maravilhas... Estamos tão envoltos ao sentimento de conquista, de busca que acabamos por deixar de lado as coisas mais simples e sinceras a nossa volta.
E quando nos deparamos com situações adversas aquelas que outrora  imaginamos para nós, aí sim nos damos conta de quão negligentes fomos em ignorar aquilo que estava em nossa frente e não lhe dávamos a mínima atenção.
Ainda bem que o Pai nos concede essa oportunidade, mesmo que para isso, algumas vezes, tenha que ser duro em suas palavras ou até mesmo deixar nos decepcionar, pois são nesses momentos que nos damos conta de quão felizes somos com tudo que temos e não nos lembramos de agradecê-lo.
 Fique na paz!!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O Que Realmente Importa

Era uma vez o jovem que recebeu do rei a tarefa de levar uma mensagem e alguns diamantes a um outro rei de uma terra distante.
Recebeu também o melhor cavalo do reino para levá-lo na jornada.
- Cuida do mais importante e cumprirás a missão! - disse o soberano ao se despedir.
Assim, o jovem preparou o seu alforje,
escondeu a mensagem na bainha da calça e colocou as pedras numa bolsa de couro amarrada a cintura, sob as vestes. Pela manhã, bem cedo, sumiu no horizonte. E não pensava sequer em falhar. Queria que todo o reino soubesse que era um nobre e
valente rapaz, pronto para desposar a princesa. Aliás, esse era o seu sonho e parecia que a princesa correspondia às suasesperanças.
Para cumprir rapidamente sua tarefa, por vezes deixava a estrada e pegava atalhos que sacrificavam sua montaria. Assim, exigia o máximo do animal.
Quando parava em uma estalagem, deixava o cavalo ao relento, não lhe aliviava da sela e nem da carga, tampouco se preocupava em dar-lhe de beber ou providenciar alguma ração.
- Assim, meu jovem, acabas perdendo o animal - disse alguém.
- Não me importo - respondeu ele - Tenho dinheiro. Se este morrer, compro outro. Nenhuma falta fará!
Com o passar dos dias e sob tamanho esforço, o pobre animal não suportando mais os maus-tratos, caiu morto na estrada. O
jovem simplesmente o amaldiçoou e seguiu o caminho a pé. Acontece que nessa parte do país havia poucas fazendas e eram muito distantes umas das outras. Passadas algumas horas, ele se deu conta da falta que lhe fazia o animal. Estava exausto e sedento. Já havia deixado pelo caminho toda a tralha, com exceção das pedras, pois lembrava da recomendação do rei: "Cuida do mais importante!"
Seu passo se tornou curto e lento. As paradas, freqüentes e longas. Como sabia que poderia cair a qualquer momento e temendo ser assaltado, escondeu as pedras no salto de sua bota. Mais tarde, caiu exausto no pó da estrada,onde ficou desacordado. Para sua sorte, uma caravana de mercadores que seguia viagem para o seu reino, o encontrou e cuidou dele. Ao recobrar os sentidos, encontrou-se de volta em sua cidade. Imediatamente foi ter com o rei para contar o que havia acontecido e com a maior desfaçatez, colocou toda a culpa do insucesso nas costas do cavalo "fraco e doente" que recebera.
- Porém, majestade, conforme me recomendaste, "cuida do mais importante", aqui estão as pedras que me confiaste. Devolvo-as a ti. Não perdi uma sequer.

O rei as recebeu de suas mãos com tristeza e o despediu, mostrando completa frieza diante de seus argumentos.
Abatido, o jovem deixou o palácio arrasado. Em casa, ao tirar a roupa suja, encontrou na bainha da calça a mensagem do rei, que dizia:
"Ao meu irmão, rei da terra do Norte. O jovem que te envio e candidato a casar com minha filha. Esta jornada é uma prova. Dei a ele alguns diamantes e um bom cavalo. Recomendei que cuidasse do mais importante. Faz-me, portanto, este grande favor e verifica o estado do cavalo. Se o animal estiver forte e viçoso, saberei que o jovem aprecia a fidelidade e força de quem o auxilia na jornada. Se, porém, perder o animal e apenas guardar as pedras, não será um bom marido nem rei, pois terá olhos apenas para o tesouro do reino e não dará importância à rainha nem àqueles que o servem".
Comparo esta estória com o ser humano que segue sua jornada na vida, tão preocupado com seu exterior, isto é, com os bens, que tudo guarda como se fosse tudo ouro, esquecendo de alimentar também a sua alma e o seu espírito com a alegria e o amor de Deus. Certamente não cumprirá a missão, já que não sabe guardar o que é mais importante. Se você tiver a oportunidade de conhecer pessoas assim , como conheci e conheço a muitos , verá que na intimidade têm mais problemas que você ou eu e são cercados de infelicidades .
Antes que seja tarde , preocupe-se em : será que estou no Caminho que me leva a Deus ?
Postado por ESTUDOS BIBLICOS ONLINE http://apostilasbiblicas.blogspot.com/

domingo, 5 de junho de 2011

Possiblidades




Êxodo 16.13-19

  
"Se podes?", disse Jesus. "Tudo é possível àquele que crê." Mc 9.23

Acredite, ela existe e pode estar muito mais perto de você do que imagina. Ninguém tem mais força do que ela. Quando se manifesta deixa para traz o medo, a dor, a incredulidade. Ela se chama possíbilidade.
Diante de um problema, quando todos já desistiram dizendo que é impossível, quando ninguém consegue enxergar uma possibilidade de solução, aparece a esperança que é fornecidade pela afirmação bíblica de que os impossíveis dos homens são possíveis para Deus.
Nossa vida se refrigera quando nossos olhos se voltam para Deus em uma entrega confiante e uma busca pela ação milagrosa de um Deus que intervem.
O povo de Israel esteve diante de muitos exemplos da ação de Deus. Em nosso texto de hoje Deus sustenta seu povo no deserto. Imagine milhares de pessoas no deserto com fome. Nenhum recurso possível para alimentar tanta gente até que Deus faz uma promessa: "Ao pôr-do-sol vocês comerão carne, e ao amanhecer se fartarão de pão". Como acreditar nisto? De onde poderia vir este alimento? Mas, a promessa de Deus se cumpriu. Na hora marcada apareceram as codornizes e o maná.
Podemos estar certos que nada pode impedir o agir de Deus em nossa vida. Deus não se limita as possibilidades humanas. Ninguém pode impedir o seu agir. Para Deus não existe impossíveis em todas as suas promessas. Só é impossível para Deus que ele minta, que deixe de ser Deus.
A ação de Deus sempre tem como finalidade principal a sua glória. Quando ele alimentou o povo no deserto, o disse: "Assim saberão que eu sou o SENHOR, o seu Deus". Deus não mede esforços para abençoar o seu povo. Se necessário, faz chover pão do céu para nos sustentar. Sua ação nos trará grande benefício e sempre é um testemunho para a glória de Deus. Não olhe para o tamanho dos gigantes, olhe com fé para Deus que luta com você e por você. Sem fé é impossível agradar a Deus e ver a sua ação em nossa vida.

 
A possibiblidade tem um nome, chama-se ação de Deus.

 
Rev. Hebert dos Santos Gonçalves

Eis, me aqui novamente...


Após longo período sem aparecer por essas paragens eis que retorno, agora creio que será por muito mais tempo... Afinal após longa chuva eis que surge a bonança, o sol volta a brilhar... E outra os tropeços nos auxiliam a ficar mais espertos, mais maduros para que lá na frente possamos dizer "já vivi isso sei como se sair..."
Pode até parecer frases ou desculpas prontas, mas realmente senti muita saudade de poder escrever, de poder passar por aqui...
Mas vamos lá, ao longo desse período descobri uma anemia e vivi situações que para mim foram novas, descobri que mais do que nunca a nossa força de vontade de viver é que nos faz seguir em frente, descobri que sou muito mais forte do que simplesmente imagino e que nada conseguimos sem Deus nos guiando, nos orientando cuidando de nós a todo momento e graças a Ele posso respirar mais aliviada, afinal mais uma etapa foi vencida ...E viva a VIDA!!
Bjus...

domingo, 27 de fevereiro de 2011

O Primeiro passo é nosso, o resto é com Deus

Posso garantir que muitas pessoas que passam por aqui tem alguma coisa em sua vida que as impedem de chegar a Deus: algum hábito pecaminoso difícil de se deixar, algum ressentimento guardado do qual jamais se livrou, alguma ferida ainda aberta em sua alma ou sentimentos malignos que não sabem controlar. Todas sabem que é preciso se livrar de tais coisas e nem sempre é por falta de tentativa. Talvez o caminho que estão buscando para se resolver isto não seja o certo ou então ainda não tem a real consciência de quais sejam seus erros. Conheço algumas pessoas que têm uma vida religiosa “exemplar”, mas não conseguem enxergar seus próprios defeitos, só os dos outros. É importante reconhecermos nossos defeitos e nos livrarmos deles agora, se queremos uma vida com Deus. Como? “Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.” Tiago 4:10

A todas estas pessoas, tenho boas notícias! A Palavra de Deus é bem clara quando nos diz que é possível se chegar a Deus somente através de Cristo Jesus, que está vivo, exatamente aí onde você está e pronto pra te ouvir, perdoar, libertar, curar e fortalecer. Esta é a primeira regra e nem adianta tentar de outra forma, porque não vai dar certo mesmo! (João 14:6 diz assim: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”).

Bem, depois de termos entendido que somente através de Jesus é que podemos chegar à presença de Deus, a próxima coisa a fazer, é tomar a iniciativa mais importante de nossas vidas, que é a renúncia a tudo aquilo que tem impedido de alcançar uma convivência mais direta e íntima com o Senhor, sem o “fantasma” da acusação o tempo todo em nossa mente. Quem é que pode ter uma intimidade com Deus, se sua consciência o acusa de alguma coisa, por menor que seja? Assim diz a Bíblia: “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós” – Tiago 4:8

Pode ser que o que tem lhe impedido de alcançar o coração de Deus seja algo que acha ser humanamente impossível de se resolver, porém quando Deus vê diante dele alguém que já fez tudo direitinho, reconheceu seus defeitos, se humilhou, confessou, abandonou o pecado ou perdoou a todos, então O Pai não resiste...Como eu lhes disse, meus amados, O RESTO É COM ELE!

 Ministro Carlos Carvalho

Fonte: mulhercrista.blogspot.com


quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Tua Prensença


“... Tua presença me traz segurança,
Me dá a paz que tanto preciso em meu coração
Tua presença me traz refrigério,
É  fortaleza quando estou em aflição
Tua presença, tua presença
Em tua presença é onde quero estar...
Tua presença é meu maior anseio
A cada dia eu quero conhecer-te mais,
Tua presença me traz consciência
Que eu não poderei viver sem ti, meu Senhor...”
 Paulo  Cesar Baruk - Multiforme

Quão bom és Pai !

Olá, quanto tempo né... Mas, eis me aqui novamente. Durante esse período pude viver muitas coisas boas outras nem tão boas assim, porém minha vinda até aqui é pra deixar registrado q mais uma vez, por mais q não me sinta tão merecedora e com tantas falhas, Deus se faz presente em minha e em meus atos, mais uma vez entra com providência em minha causa e me ajuda a vencer mais um obstáculo. Pois é, quando  reconhecemos quão grande tem sido nossas falhas , o q na prática não é tão fácil, e rogamos a Ele graça com certeza nos ouve e está pronto a nos ajudar, sou prova viva disso, Hoje estou muito feliz pois, por mais q não tenham sido tão animadores os índices da minha classificação para poder trabalhar  como  professora aqui  onde moro, faz uma semana q estou trabalhando, quando todos me desanimaram dizendo “ahh muito difícil você conseguir” Deus entrou com providência e me ajudou. Não só por isso, mas sou grata por tudo q tem me concedido ao longo desse tempo e fica a lição nunca deixar de lado nossa fé, pois é ela q nos aproxima do Pai, q nos leva além do q possamos imaginar. 

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Duas Naturezas

Efésios 4.20-24

Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam (Gl 5.17).

Um pescador esquimó vinha cada sábado à tarde à cidade. Sempre trazia consigo seus dois cachorros, um branco e um preto. Ele os tinha ensinado a lutar quando ele ordenasse. Cada sábado, na praça da cidade, o povo se ajuntava e o pescador fazia apostas, enquanto os dois cachorros brigavam. Às vezes ganhava o cachorro branco, às vezes o preto – mas o pescador sempre ganhava as apostas! Seus amigos começaram a perguntar-lhe como ele fazia isto. Ele disse: – Eu deixo um passar fome durante a semana, e só dou comida para o que eu quero que ganhe. O cachorro que está bem alimentado ganha, porque está mais forte.

Esta história ilustra muito bem o conflito entre os desejos da carne e do Espírito que vivemos interiormente. A vitória desta batalha será daquele desejo que for mais bem alimentado. Se vivermos buscando as coisas do Espírito, os desejos da carne não vão dirigir nossa vida. Mas se constantemente cedermos a esses maus desejos, eles vão nos dominar. Precisamos seguir o conselho de Paulo que diz, em nosso texto base, que devemos nos despir daquilo que é pecado e corrompe nossa vida, renovando nosso modo de pensar de forma cristã, nos revestindo do novo homem conforme a semelhança de Deus e sua santidade. Quanto mais andamos no Espírito fazendo o que agrada a Deus mais nos afastamos dos desejos e práticas do que é mal. Quanto mais buscamos as qualidades de Jesus mais vamos deixando de buscar satisfazer aos desejos da nossa natureza humana.

Nesta batalha contamos com o auxílio do Espírito Santo. Ele age em nós nos dando sabedoria para discernir o que é bom e mal e,, principalmente, nos dando força e poder para lutar e vencer. Viver no Espírito é uma decisão que não pode esperar. Ou vivemos no Espírito ou caminhamos para a morte nos desejos da carne.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Reconhecer...

Photobucket




Sabe é muito complicado reconhecer q estamos errados e precisamos melhorar ou até mesmo mudar, nos deixamos levar envolvidos pela correria do dia a dia e até mesmo pela facilidade do previsto e previsível... Mas há um momento em que Deus observa e vê q estamos indo longe demais nessa comodidade e é aí q nos mostra, por meio de algum fato ou acontecimento em nossa vida, q precisamos mudar q não somos muita coisa sem a sua presença real em nossa vida, somos apenas um rascunho...  E nesse momento nos damos conta quão grande é seu amor por nós, pois mesmo não sendo tão corretos Ele ainda se compadece dos seus e os concede mais uma chance, mais uma oportunidade de mudança, mais um abraço... Sou grata a Ti, por ter me concedido tal oportunidade, mesmo q isso tenha me custado algumas lágrimas, mas valeu à pena, porque pude comprovar mais uma vez  q seu amor vai além do q posso imaginar, é infinito e misericordioso... E em minhas andanças pelas páginas da internet buscava algo, um texto ou uma canção que pudesse demonstrar o q sente meu coração nesse exato momento,  encontrei  essa canção de Paulo César Baruk :

Eu Corro Para Ti

Nada mais me acontece
Tudo está  tão vazio
Procuro, e não Te acho
Porque estás tão distante?
Olho para dentro e vejo
Faz tempo que não Te busco
Minha alma está tão sedenta
Eu quero Tua presença
Eu corro para Ti, não sei viver sem Ti
Sem ter o Teu amor não posso respirar
Não há outro lugar
Só em Teus braços eu encontro o que preciso ter
Enche-me com Tua presença
Vem transborda minha vida
Me restaura com Teu fogo
Eu quero começar de novo

Fique na Paz!!